portalsemfronteira@gmail.com+55(82) 0000-0000

logo


Manifestação contra nova proposta para aposentadorias marca Dia da Mulher em Piripiri

publicado em:11/03/19 10:39 AM por: Redação do site Geral

Aconteceu em Piripiri no último dia 8 de março, Ato Público contra a medida provisória 871/2019, que estabelece regras de concessão dos benefícios pagos pelo INSS. O evento fez parte da comemoração ao Dia Internacional da Mulher e foi promovido pelo SINTE, STTR E FETAG.

Uma multidão formada por trabalhadores rurais de Piripiri, Brasileira, Pedro II, Sindicato dos Profissionais em Educação, representada pela presidente da entidade, Maria Iolete, se fizeram presentes, além de autoridades políticas na pessoa do Deputado Estadual Franzé Silva e do vereador e Coordenador do Pólo Sindical, Totonho Soares.

O Ato Público iniciou na frente da sede do STR de Piripiri, e seguiu em caminhada pelas ruas e avenidas de Piripiri. Durante o percurso diversas pessoas discursaram e manifestaram a sua revolta em relação a MP 871. Em frente ao prédio da Previdência Social (INSS), foi realizada uma assembléia, e também em frente aos Bancos do Brasil e do Nordeste.

“Aqui é só o começo de uma grande luta contra esse ataque, o maior ataque contra a classe trabalhadora da história” disse a vice presidente do STR de Piripiri, Eunice Barros.

A proposta de reforma da Previdência do governo eleva as idades mínimas de aposentadoria de 65 anos para homen, e 62 para mulheres, além de estabelecer o mínimo de 20 anos de contribuição. Também acaba com as aposentadorias por tempo de contribuição, após um período de transição. E para ter direito ao benefício integral será preciso contribuir por 40 anos.

A Proposta de Emenda à Constituição também prevê a implantação de regime de capitalização individual, no qual cada trabalhador terá de administrar sua poupança para a aposentadoria. As regras desse novo sistema dependerão da aprovação de lei complementar.

Atualmente pode-se aposentar ao alcançar 60 anos, no caso das mulheres, e 65 anos, para homens, com 15 anos de contribuição. E para a aposentadoria por tempo de contribuição, não é requerida idade mínima: as mulheres precisam ter contribuído por 30 anos e os homens por 35 anos.





Comentários



Adicionar Comentário