portalsemfronteira@gmail.com+55(82) 0000-0000

logo


Hospitais da rede estadual de saúde realizaram mais de 2,8 milhões atendimentos

publicado em:1/12/19 12:11 PM por: Redação do site DestaquesGeral

A Rede Estadual de Saúde do Piauí realizou, até o mês de setembro deste ano, 2.873.856 milhões de atendimentos ambulatoriais. Os números foram apresentados nesta semana pelo secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, que também destacou os números de cirurgias e internações, que nesses nove meses atingiram 81.693 mil.

O gestor destaca o aumento de 10.430 mil procedimentos entre os meses de agosto e setembro de 2019. “Nossa rede de saúde vem avançando nas melhorias dos serviços prestados à população. Neste ano, só entre agosto e setembro, tivemos um implemento de 10.430 cirurgias e internações”, ressalta Florentino Neto.

Nos primeiros nove meses do ano, a Rede Estadual de Saúde prestou 2.873.856 milhões de atendimentos ambulatoriais, tendo destaque os Hospitais Regional Tibério Nunes, Floriano (222.742); Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, na cidade de Parnaíba ( 213.326); e o Hospital Francisco Cavalcante, em Amarante (37.015).

“Se somarmos os atendimentos dessas três unidades de saúde, chegamos perto de meio milhão de pessoas que foram beneficiadas. Podemos observar que todos estão no interior do Piauí, reflexo dos investimentos que ajudam a desafogar os hospitais da capital”, explica Florentino Neto.

Outros hospitais que se destacaram em atendimento ambulatorial foram: Hospital Estadual José de Moura Fé, em Simplício Mendes (51.525); Hospital Deolindo Couto, em Oeiras (125.503); Hospital Regional Manoel de Sousa Santos, em Bom Jesus (71.376); Hospital Estadual Júlio Hartman, em Esperantina (164.614); e Hospital Regional de Campo Maior (206.937).

As cirurgias e internações atingiram 81.693 mil, de janeiro a setembro de 2019, ficando em destaque o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, com 8.559 procedimentos hospitalares; e o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, que realizou 6.966.

Já, a Rede Estadual de Saúde, na capital, efetivou 523.112 mil atendimentos ambulatoriais, no mesmo período de 2019. O Hospital Infantil Natan Portella foi o que mais realizou esses procedimentos, com 148.889, seguido pelo Hospital Getúlio Vargas (109.502) e a Maternidade Dona Evangelina Rosa, com 86.519.

Com relação às cirurgias e internações, devido ao crescimento do número de procedimentos no interior do estado, houve uma queda, em relação ao mesmo período de 2018, quando foram feitas 30.067. Já de janeiro a setembro de 2019, foram realizadas 27.212.

“Essa queda nos números de cirurgias e internações nos hospitais da rede estadual em Teresina é resultado dos investimentos que estamos fazendo no interior do estado, levando medicina de qualidade para mais perto da população”, lembra Florentino Neto.





Comentários



Adicionar Comentário