FFP e clubes planejam retorno do estadual somente para novembro

A Federação de Futebol do Piauí e os representantes dos oito clubes participantes da Série A do Campeonato Piauiense estiveram reunidos na manhã dessa quinta-feira (11) para tratar sobre a continuidade da competição e o plano de retomada das atividades econômicas do governo estadual. As atividades esportivas foram classificadas na terceira e última categoria do Plano de Retomada Organizada (PRO Piauí). Com isso, a previsão é de que o campeonato retorne apenas no segundo semestre de 2020.

Durante o encontro, os clubes discutiram a possível data para a retomada do estadual. A idéia é que os jogos pendentes da fase classificatória aconteçam no mês de novembro e as duas finais em dezembro. A proposta visa minimizar os gastos dos clubes, tendo em vista que os atletas seriam aproveitados para a temporada de 2021. A sugestão foi apresentada em reuniões anteriores e foi reforçada hoje.

– Os clubes do Piauí já têm uma situação financeira complicada. Numa condição normal já é difícil, imagina agora em meio à pandemia. Teremos muita dificuldade para reformular os times, conseguir patrocínios e manter toda a estrutura necessária para o clube funcionar com as novas recomendações sanitárias. Por isso, considero que seja mais viável deixar o estadual para o final de outubro ou começo de novembro porque teríamos condição de montar os times e já mantê-los para 2021 – disse Batista Filho, representante do Parnahyba Sport Club.

A diretoria da FFP considera a possibilidade de retorno do estadual apenas no fim do ano.

– Todos queremos que o futebol volte o quanto antes, mas nós e os clubes estamos preocupados com a saúde dos atletas e de todos os profissionais que fazem o futebol piauiense. Por esta razão, foi lançada a sugestão de retorno da competição mais para o fim do ano. A expectativa é que até lá a pandemia já esteja mais controlada, dando mais segurança a todos nós. Inclusive com a possível presença de torcedores nos estádios – explicou o presidente da FFP, Robert Brown.

As datas discutidas na reunião desta quinta-feira não são definitivas. Um novo encontro foi marcado para o dia 24 de junho.

Robert Brown destaca que a liberação e o retorno do futebol piauiense irá acontecer de forma responsável e seguindo todas as recomendações das autoridades de saúde.

– A FFP não age sozinha. Nós vamos seguir monitorando essa situação e vamos aguardar a posição dos governos municipais e estadual para definir quando e como será feita a retomada das atividades relacionadas ao futebol. Isso é importante porque são eles que estabelecem as regras de isolamento social. Até lá nós vamos seguir realizando reuniões com os clubes para avaliar a situação de cada um deles – disse o presidente.

A FFP aguarda ainda o calendário da CBF, que determina as datas dos jogos das competições nacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *