SIEC recebe patrocínio da Equatorial Piauí para 71 projetos culturais

“Estamos ansiosos para que passe logo essa pandemia e a gente encontre nosso público para celebrar a arte e a cultura”, comenta o produtor e ator, Francisco Pellé, ao se referir ao seu projeto aprovado pelo Sistema de Incentivo à Cultura – SIEC. Este ano, dos 127 projetos aprovados, 71 deles serão patrocinados pela Equatorial Piauí que, com isso, lança a Plataforma E+ Cultura no Estado, projeto consolidado em outros locais onde a empresa atua há mais tempo.

“Mesmo com esse cenário de dificuldades econômicas por conta da pandemia, conseguimos manter alguns projetos pra apoiar técnicos e artistas de todas as áreas e, claro, o Siec também foi mantido. Essa parceria com a Equatorial Piauí é extremamente importante para conseguirmos apoiar nossos artistas”, afirma o secretário estadual de Cultura, Carlos Anchieta.

O SIEC tem sido a principal ferramenta de fomento ao setor cultural do Piauí nos últimos quatro anos, e já beneficiou mais de 450 projetos. Entre as linguagens que o edital contempla estão a música, as artes cênicas, a fotografia, o cinema e o vídeo, as artes plásticas e as artes gráficas, o folclore e o artesanato, a pesquisa e a documentação, a literatura, além do patrimônio histórico, artístico e ambiental.

A distribuidora está investindo R$ 6 milhões no patrocínio dos projetos, entre eles, o Música para Todos, que tem contribuído por décadas com a formação de milhares de crianças, jovens, adultos, idosos e pessoas especiais.

“Estamos passando por um momento delicado, mas temos que continuar cumprindo a missão de contribuir com o desenvolvimento do Piauí. Nosso papel vai muito além de levar energia com qualidade para os piauienses, por isso, em 2020, vamos abraçar a Lei de Incentivo à Cultura, patrocinando projetos de todos os segmentos culturais, nas diversas regiões do Estado”, declara Nonato Castro, presidente da Equatorial Piauí.

Do total de projetos patrocinados pela Equatorial Piauí, 39 são da capital e 32 do interior. Entre eles está o projeto Boca da Noite, o 18º Salão do Livro do Piauí e o Festival de Monólogo do Bairro Extrema.

Veja a lista de projetos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *