portalsemfronteira@gmail.com+55(82) 0000-0000

logo


publicado em:10/04/18 12:33 PM por: Redação do site BlogsGeral

A força tarefa na Barragem do Bezerro, em José de Freitas, continua o trabalho nessa terça-feira, 10. Duzentas famílias que viviam no entorno da represa foram retiradas de suas casas. Mesmo com o nível da água já tendo baixado 8 centímetros no último dia, com o trabalho de abertura dos sangradouros, ainda não é possível fechar o local do vazamento.Para isso é necessário que o nível reduza mais 4 centímetros.

A abertura do sangradouro deu vazão à água para o Rio Maratoan. No entanto, é preciso que o volume de água na barragem reduza mais 4 centímetros para que o local do vazamento seja fechado.

Técnicos do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi) explicam que a erosão na parte externa da parede de contenção da barragem teve um pequeno aumento, mas não aumentou o volume de água vazando não aumentou, tendo permanecido o mesmo.

O prefeito de José de Freitas, Roger Linhares, informou que está aguardando a chegada hoje à cidade de um engenheiro especialista em barragens, que coordenará uma varredura ao longo da parede de contenção para determinar o local exato do vazamento. Com relação às famílias desabrigadas, elas estão sendo encaminhadas para duas escolas públicas do município. “Estamos dando todo o apoio estrutural necessário e criando esse cadastro das pessoas atingidas no sentido de evitar danos pessoais e materiais”, finalizou o prefeito Roger Linhares.

A água de um outro açude de José de Freitas, nas proximidades do anel viário transbordou para a PI-113. A via está alagada nesse momento.

o prefeito do município, Roger Linhares, confirmou a informação de que há risco de rompimento do asfalto. Segundo ele, há assistentes sociais e militares em campo ajudando na remoção das famílias das áreas de risco.



Post Tags


Comentários



Adicionar Comentário