Açude Caldeirão em sua cota máxima está muito próximo da sangria

Uma notícia se espalhou na noite dessa sexta-feira, 18, informando que o Açude Caldeirão, em Piripiri, havia chegado à sangria. Mas hoje, sábado, 18 de março, a informação não foi confirmada e, embora estando praticamente em sua cota máxima, ainda não aconteceu o espetáculo da sangria do açude.

A sangria, além da beleza, tem um significado especial para o piripiriense, uma vez que representa garantia de abastecimento de água no ano, além da representatividade do bom inverno e de boa produção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *