Candidatos a prefeito, vice e a vereador recebem auxílio emergencial

Dois candidatos a vice-prefeito e três a vereador no Piauí declararam ter patrimônio superior a 1 milhão de reais. O detalhe é que esses cinco políticos receberam dinheiro do auxilio emergencial. A informação foi divulgada pelo Tribunal de Contas da União após realizar cruzamento de dados com o Ministério da Cidadania.

No entanto, não são apenas esses cinco candidatos que receberam auxilio emergencial declarando um patrimônio elevado. Setenta e seis candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador declararam patrimônio igual ou superior a 300 mil reais, receberam uma ou mais parcelas do auxílio emergencial.

Em Teresina, os candidatos a vereador André Costa Cavalcante, Valmir Alves da Silva, Estella Maria Mendes Mota, Iana Brena Melo Soares, Iraldenon Rocha Monteiro, Luiz Alexandre Feitosa Abreu e Pedro Vidal Olímpio de Melo Costa foram beneficiado com o auxílio emergencial pago pelo Governo Federal. Porém, a soma do patrimônio declarado por eles é de 3.749.901,91 (três milhões, setecentos e quarenta e nove mil, novecentos e um reais e noventa e um centavos).

No Piauí, candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador dos municípios de Água Branca, Aroazes, Avelino Lopes, Baixa Grande do Ribeiro, Barra D’Alcantara, Barras, Bom Jesus, Buriti dos Lopes, Canto do Buriti, Capitão de Campos, Cocal, Coivaras, Corrente, Currais, Dom Expedito Lopes, Esperantina, Floriano, Francinópolis, Francisco Santos, Fronteiras, Hugo Napoleão, Inhuma, Itainópolis, Itaueira, Joaquim Pires, Landri Sales, Madeiro, Manoel Emídio, Matias Olímpio, Miguel Alves, Monsenhor Gil, Monsenhor Hipólito, Nazária, Nossa Senhora dos Remédios, Novo Santo Antônio, Parnaguá, Pau D’Arco do Piauí, Porto, Ribeiro Gonçalves, Santa Cruz dos Milagres, Santa Filomena, Santa Luz, São João da Fronteira, São João do Piauí, São José do Divino, São Pedro do Piauí, São Raimundo Nonato, Sebastião Barros, Sigefredo Pacheco, Simões, Socorro do Piauí, Tamboril do Piauí, Teresina, União e Várzea Grande receberam indevidamente os recursos do benefício federal.

Em Aroazes, Coivaras, Currais, Dom Expedito Lopes, Parnaíba, Pau D’Arco do Piauí, Ribeiro Gonçalves, São João da Fronteira e Tamboril do Piauí beneficiados foram candidatos a prefeito. Joaquim Aristeu Figueiredo da Fonseca, candidato a prefeito de Currais, mesmo declarando um patrimônio de R$ 900 mil, recebeu 600  reais do auxílio emergencial.

Candidatos a vice-prefeito de Avelino Lopes, Francisco Santos, Landri Sales, Monsenhor Hipólito, Novo Santo Antônio, Santa Filomena, Santa Luz, São José do Divino, União e Várzea Grande, também, foram beneficiados com o auxílio emergencial. O candidato a vice-prefeito de Avelino Lopes, Iones Alexandre da Silva, recebeu o auxílio residual de 300 reais. Iones Alexandre declarou patrimônio no valor de 2 milhões e 235 mil reais.

Confira a lista do TCU com os municípios piauienses:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *