portalsemfronteiras@gmail.com

Redação
Whats/ Sugestôes
(86) 9 911.3872

Região de Piripiri recebe primeiro lote de vacinas contra Covid-19

Após a entrega das 11.382 doses da vacina CoronaVac ao município de Teresina, A Secretaria de Saúde do Piauí segue com a distribuição de insumos, logística de distribuição das vacinas, supervisão e fiscalização da aplicação do imunizante.

Já na noite dessa segunda-feira, 18, o primeiro lote de vacinas foi entregue em Piripiri para a 3º Coordenação Regional de Saúde, com a presença da coordenadora da Regional, Cinthia Rezende; da prefeita de Piripiri, Jôve Oliveira Monteiro; do secretário municipal de saúde de Piripiri, Gabriel Muniz; do vereador Dowglas Leonardo, entre outros.

Coronavac
Vacinas entregues em Piripiri
Prefeita Jôve Oliveira, de Piripiri e o secretário de saúde do município, Gabriel Muniz

Foram entregues a Regional de Saúde, em Piripiri, 1.222 doses, que serão distribuídas para os municípios de Brasileira, Capitão de Campos, Domingos Mourão, Lagoa de São Francisco, Milton Brandão, Pedro II, Piracuruca, Piripiri, São João da Fronteira e São José do Divino.

O primeiro lote será aplicado em profissionais da saúde

“Coroando todo um trabalho que foi tortuoso, difícil, mas que foi assumido. Os profissionais de saúde, hoje, encontram na vacina o caminho para a vitória definitiva dessa pandemia. Nos lembraremos desses profissionais como heróis”, afirmou Florentino Neto, Secretário de Estado da Saúde.

O Comitê de Operações Emergenciais (COE) alerta que o início da vacinação não permite relaxar nos cuidados individuais que todos devem tomar, como o uso da máscara, distanciamento e higienização das mãos. A resposta imunológica da vacina requer tempo. “Esta vacina tem um período de tempo que demora para gerar resposta imunológica adequada. Para funcionar como barreira a maior parte da população precisa estar vacinada e isso vai levar um tempo ainda. Não é hora de reduzir esforços. Estamos diante de novas variantes do vírus diagnosticadas já em Manaus. É o momento de reforçar tudo e vir com a vacina de forma triunfante para combater este vírus”, explicou José Noronha, coordenador do COE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *