portalsemfronteiras@gmail.com

Redação
Whats/ Sugestôes
(86) 9 911.3872

Papa envia carta ao padre Gilvan Manuel que perdeu os pais e irmãos para a Covid

O padre Gilvan Manuel da Silva, que perdeu os pais e dois irmãos para a Covid-19, publicou em seu perfil no Instagram a carta que recebeu do Papa Francisco.

“Foi uma grande surpresa receber neste dia 21 de maio, uma carta do Papa Francisco, dirigida a mim e aos meus familiares por ocasião da perda dos meus pais e irmãos…Uno- me a todas as vítimas da pandemia e desejo que esta bênção do papa chegue a todos os corações que choram”, postou o padre, que é pároco da pároco na Paróquia de São Pedro e São Paulo, em Fortaleza, CE.

A carta

Na carta, enviada através da Nunciatura Apostólica, o Papa Francisco manifesta seu conforto e proximidade ao padre que perdeu pais e irmãos para a Covid. O Pontífice incentivou o sacerdote a seguir confiante no amor de Deus e se manter perseverante na oração. Diz parte do documento:

“Ao participar-lhe dos sufrágios oferecidos por Sua Santidade pelo eterno descanso de seus familiares, cumpre-se acrescentar: o Papa Francisco, com o seu conhecido desejo de levar conforto e esperança para todas as pessoas, encarregou-me de informar que nas suas preces pede ao Senhor que o reconforte com a certeza cristã da ressurreição, exortando-o a perseverar na oração e a confiar sempre no amor de Deus providente e misericordioso”.

Certamente, a mensagem de conforto do pontífice neste momento de dor não poderia causar outra reação no sacerdote: “Ao receber a carta do Papa, não contive as lágrimas… Como um pastor pode ser tão sensível as dores dos seus filhos?”, postou o Padre Gilvan.

Em uma semana, padre perdeu pais e irmãos para a Covid

O padre Gilvan Manuel perdeu os pais e dois irmãos para a Covid em um intervalo de apenas uma semana. De fato, o sacerdote recebeu no dia 31 de março de 2021 a notícia do falecimento de seu pai, Manuel Anísio de Sousa, e de seu irmão Vicente Manuel de Silva. Quatro dias depois, foi a sua mãe, Antônia Rosa da Silva Sousa, quem não resistiu às complicações decorrentes do coronavírus. Já no dia 5 de maio, o sacerdote perdeu também a irmã, Rosa Maria da Silva, que estava intubada.
Diante de tanta dor, o sacerdote comoveu as redes sociais com um forte testemunho de fé. Disse ele:
“Senhor, tu podes levar tudo de mim, mas mesmo assim continuarei te amando”.

Fonte: pt.aleteia.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *